Total de Visualizações da Página

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

FORGET ME FROM THE THINGS THAT GO BACK


 "... forgetting the things that remain behind and advancing to those who are ahead of me!" (Philippians 3:13)
Have you ever wanted the time to go back?
I've heard many people saying,
"Oh, if I could go back! How many things I did that I would not do and others that I did not and that I would do! "
Frustrations that many keep in their drawers and insist on keeping them there with the keys.
Mistakes, insults, pride, unforgiveness!
and adds:
Things that could have been resolved and saved.
According to medicine, depression means "attachment to the past"! And that's where the devil finds the door open to house it in people's lives.
Going back to time is impossible, but at any moment God can give you a new chance, something new for you, something that can change your life.
There is something from God that is called mercy, which is released by God through His love for us, and also, something called forgiveness, which is given by Him through our repentance.
Moreover, contrary to that time (of Moses), we now have a lawyer before the Father, Jesus Christ the Righteous One. (1 John 1: 2)
God does not choose his way, who chooses is yourself!
"Behold, I propose to you life and death, the blessing and the curse; choose life, that you may live, you and your seed "(Deuteronomy 30:19).
Instead of worrying about things we've done in the past, we must take a stand and break the chains and change what holds us still. We do not have to continue to feel guilty about them.
"Of your sins and iniquities I will remember no more."
 Where these things have been forgiven, there is no more need of sacrifice for sin. Hebrews 10: 17,18
We can not go back in time, but we can take advantage of it, not to lose the opportunities that God offers us, to be better and better.
"Because HE lives, I can believe in tomorrow ..."
A beautiful day of wonderful deeds.
Pr Rômulo Abrantes

ESQUECENDO-ME DAS COISAS QUE PARA TRÁS FICAM


 “… esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que estão adiante de mim!” (Filipenses 3:13)
Você já teve o desejo que o tempo voltasse atrás?
Já ouvi muitas pessoas dizendo:
“Ah se eu pudesse voltar atrás! Quantas coisas que fiz que não faria e outras que eu não fiz e que faria!”
Frustrações que muitos guardam em suas gavetas e insistem em mantê-las lá a sete chaves.
Erros, ofensas, orgulho, falta de perdão!
e acrescenta:
Coisas que poderiam ter sido resolvidas e foram guardadas.
Segundo a medicina, a depressão quer dizer ” apego ao passado”! E, é aí onde o diabo encontra a porta aberta para alojá-la na vida das pessoas.
Voltar no tempo é impossível, mas a qualquer momento Deus pode te dar uma nova chance, algo novo pra você, algo que pode mudar a sua vida.
Existe algo da parte de Deus que se chama misericórdia, que é liberada por Deus mediante o amor dEle por nós, e também, algo chamado perdão, que é dado por Ele, mediante nosso arrependimento.
E mais, ao contrário daquele tempo (de Moisés), agora temos um advogado perante o Pai, Jesus Cristo o Justo. (1 João 1:2)
Deus não escolhe o seu caminho, quem escolhe é você mesmo!
“Eis que te proponho a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente.” (Deuteronômio 30:19)
Em vez de nos preocupar com coisas que fizemos no passado, devemos tomar uma posição e quebrar as correntes e mudar o que nos prende ainda. Não precisamos continuar nos sentindo culpados por eles.
"Dos seus pecados e iniquidades não me lembrarei mais".
 Onde essas coisas foram perdoadas, não há mais necessidade de sacrifício pelo pecado. Hebreus 10:17,18
Não podemos voltar no tempo, mas podemos aproveitá-lo, para não mais perder as oportunidades que Deus nos oferece, para sermos cada vez melhores.
“Porque ELE vive, eu posso crer no amanhã…”
Um lindo dia de feitos maravilhosos.
Pr Rômulo Abrantes

OS CAMINHOS DE DEUS SÃO MAIS ALTOS QUE OS NOSSOS


Os caminhos de Deus são mais altos que os nossos
“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.” (Isaías 55:9)
É comum não entendermos aquilo que Deus faz ou permite em nossas vidas, mas este trecho bíblico explica tudo, é que os caminhos Dele não são os nossos, os caminhos Dele são muito superiores e também os pensamentos do Senhor são maiores do que os nossos. Embora muitas vezes não entendamos o agir de Deus para conosco, o seu pensamento é sempre de paz e não de mal: “Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” (Jeremias 29:11).
Outra característica do caminho do Senhor é que ele é estreito, e por isto, poucos são os que o encontram. Para trilhar o caminho do Senhor é necessário renuncia, é necessário abrir mão de tudo que não agrada a Ele. Mas o mais importante é que embora estreito, o caminho do Senhor é o caminho que conduz a vida: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” (Mateus 7:13,14).
Ainda que não compreendamos perfeitamente os caminhos por onde o Senhor nos conduz, um certeza podemos ter, todas as coisas trabalham para o bem daqueles que amam a Ele: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8:28). E se hoje não conhecemos tudo, em breve conheceremos tal qual somos conhecidos: “Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.” (1 Coríntios 13:12).
Embora não entendendo ainda todos os caminhos que o Senhor escolhe, mas confiando sempre que Ele tem o melhor para mim.
Sidone Gouveia

QUATRO COISAS QUE DEVEMOS SABER


"[...] pôs no coração do homem o anseio pela eternidade [...]" (Eclesiastes 3:11)
Há quatro coisas que devemos saber sobre cada pessoa na face da Terra. Não importa o quanto ela seja bem ou mal sucedida, famosa ou comum, atraente ou não. Todas possuem esses quatro traços.
1. Há um vazio essencial em cada pessoa que ainda não aceitou a Cristo. Todo mundo está essencialmente vazio. Não importa quanto dinheiro ou prestígio a pessoa tenha. Ela tem que lidar com esse vazio. As Escrituras dizem que Deus fez Sua criação sujeita à vaidade, ao vazio, o que significa que há um vácuo, um buraco, dentro de cada homem, mulher e criança;
2. As pessoas são solitárias. Pode-se supor que há uma sensação de solidão em cada indivíduo. Albert Einstein escreveu certa vez: "É estranho ser conhecido de forma tão universal e, no entanto, ser tão solitário." As pessoas são solitárias. Precisamos saber disso;
3. As pessoas têm um sentimento de culpa. Elas podem tentar mascará-lo com álcool ou recorrer a um psicólogo ou psiquiatra que lhes diga que não há culpa. Mas elas se sentem culpadas por coisas que fizeram de errado e têm que lidar com isso. O chefe de uma instituição psiquiátrica em Londres disse: "Eu poderia liberar metade dos meus pacientes se pudesse encontrar uma maneira de aliviá-los do sentimento de culpa."
4. As pessoas têm medo de morrer. Algumas mais arrogantes podem dizer: "Eu não. Eu não tenho medo de morrer." Mas têm sim.
Portanto, não se intimide com as fachadas atrás das quais as pessoas se escondem, nem suponha que elas não querem ouvir o que você tem a dizer sobre a sua fé em Cristo. Lembre-se: você costumava ser uma dessas pessoas. Eu também. E nós respondemos ao evangelho. Elas também responderão.
Devocionais Diários

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

THE KEY TO PRAYERS BE FOLLOWED


"If you remain in me, and my words remain in you, you will ask what you will, and it will be given you." (John 15: 7)
How many times have you ever felt that your prayers were beating on a glass ceiling - as if the Lord were saying no? Maybe it was because you were praying outside His will. Maybe it was because you were praying for something that God did not want you to have.
We need to remember the promise that Jesus spoke in John 15: 7, which says, "If ye abide in me, and my words abide in you, ye shall ask what ye will, and it shall be given you." I really like this translation - especially the part that tells us to ask for whatever we want.
But let us also remember the condition: "If you abide in me, and my words abide in you ..." If you keep a living communion with God and His Words are always with you, your desires will change. Your prayers will not necessarily be the same as before. By entering in sync with God's will, you will see that prayer is not causing God to do what you want Him to do; but prayer is causing you to do what He wants you to do.
You will discover the important truth that prayer is not shaping God in our own way; but it is molding us in His way. And then you will see your prayers being answered affirmatively.
 Daily Devotions